octacílio.jpg

Introdução

A minha história com as artes marciais, começa em uma pequena cidade do interior do Paraná chamada Paranavaí, no ano de 1974. Meu Pai, Cirley Acácio Egger junto com o Sensei Mario Narita uniram as famílias Egger (6 irmãos) e Narita (6 irmãos) e fundaram o Dojo Narita. Trilhei o caminho suave por 17 anos, até me formar oficial da Marinha do Brasil, mas em outubro de 1990, antes da competição de Judo entre as Forças Armadas, tive o meu primeiro contato com Aikido, durante uma apresentação. Me identifiquei de imediato com a arte marcial, mas devido aos constantes afastamento pela profissão não pude praticar Aikido. Somente em 2011, 21 anos depois, em Cabo Frio, comecei a praticar, inicialmente com o Sensei Elias, e depois com o Sensei Júlio, ambos discípulos do Sensei Fernando. Infelizmente pelos compromissos profissionais, eles encerraram as atividades em 2015, neste momento éramos eu e meu amigo Eidgar que continuávamos a treinar em casa. Também em 2011 conheci o Sensei Juliano, que após conhecer as nossas dificuldades, se disponibilizou para nos treinar por meio do Dojo Seigan em Niterói, dos Senseis Paulo e Carlos. Ao longo destes 11 anos de treino, com todas as dificuldades existentes, pude evoluir como aikidoista e como ser humano. Desenvolvendo habilidades para enfrentar os desafios do dia a dia. Seguindo os lemas do Aikido, elaborados pelo Sensei Massanao Ueno, continuo no processo de aprendizado, tanto no campo físico como no espiritual. “O Sensei Massanao Ueno baseou-se nos pensamentos de Morihei Ueshiba (fundador do Aikidô Moderno) para resumir a filosofia do Aikidô em 14 lemas que contém a essência dessa Arte e são uma inestimável referência mental para assimilação dos princípios que norteiam o Aikidô.”

 


(Extraído do livro Aikido Curso Básico - Wagner Bull e Luciano Noehme)

A saber:

01 – MANTER A DISCIPLINA.
02 – NÃO SE ENERVAR.
03 – NÃO SE ENTRISTECER.
04 – NÃO POSSUIR SENTIMENTO HOSTIL.
05 – SER COMPREENSIVO.
06 – SER TRANQUILO.
07 – SER PACÍFICO.
08 – MANTER A ÉTICA.
09 – FAZER AMIZADE COM TODOS.
10 – RESPEITAR A DEUS E AS PESSOAS.
11 – SER HUMILDE.
12 – SER JUSTO E HONESTO.
13 – CONSCIENTIZAR-SE QUE O AIKIDÔ REPRESENTA O CAMINHO DE DEUS.
14 – CONSCIENTIZAR-SE DE QUE A PRÁTICA DO AIKIDÔ TEM POR PRINCÍPIO O AUTOCONHECIMENTO.

(https://www.aikidoniteroi.com/o-aikido)

Na minha humilde opinião, os lemas do aikido necessitam, além de serem decorados, devem ser praticados no dia-a-dia, dentro e fora do dojo, desta forma o aikidoista estará aprimorando o seu autocontrole, a sua mente e tornado-se uma pessoa mais equilibrada, em sintonia com o universo, não se abalando com as diversas situações que nos são apresentadas. Tal tarefa não é nem um pouco fácil, mas como tudo na vida pode ser aprendido, treinado e aprimorado.


1 – MANTER A DISCIPLINA.

A Disciplina é o que nos impede de se afastar do caminho que nós escolhemos. Independente de todas as dificuldades;
2 – NÃO SE ENERVAR;

3 – NÃO SE ENTRISTECER;

4 – NÃO POSSUIR SENTIMENTO HOSTIL.

 

A forma com que o aikidoista reage ao que a vida lhe apresenta é fundamental para o seu crescimento, ele deve ser como a água, que ao encontrar um obstáculo, ela simplesmente o contorna e segue o seu caminho, sem se alterar;


5–SER COMPREENSIVO;

6–SER TRANQUILO;

7 – SER PACÍFICO.

 

Todos os ser humanos erram, compreender isso nos faz evoluir. A tranquilidade é uma característica necessária ao crescimento, uma pessoa tranquila, reage melhor, consegue pensar com mais clareza e evitar maiores aborrecimentos. Todo aikidoísta é pacífico na sua essência, pois ele sabe da sua capacidade e das consequências que levam os conflitos;


8 – MANTER A ÉTICA, é tratar os outros como você gostaria de ser tratado, se tem alguma coisa negativa a dizer sobre alguém, diga somente a esta pessoa, ao contrário elogie em público;
9 – FAZER AMIZADE COM TODOS, é tratar todas as pessoas de maneira educada e cortês, da mesma forma que você quer ser tratado;
10 – RESPEITAR A DEUS E AS PESSOAS, respeitar o próximo é a melhor maneira de respeitar a Deus, respeite as crenças das outras pessoas, pois assim elas iram respeitar as suas crenças;
11 – SER HUMILDE;

12 – SER JUSTO E HONESTO. A humildade é o que nos faz crescer, pois aquele que se julga completo não tem espaço para crescer. Quanto mais se estuda, mais temos a apreender. A Justiça e a Honestidade fazem parte do crescimento, pois não é justo uma cobrança superior ao que o aikidoísta pode fornecer, bem como a honestidade em avaliar o que temos que melhorar;
13 – CONSCIENTIZAR-SE QUE O AIKIDÔ REPRESENTA O CAMINHO DE DEUS. O Aikido é um budo que tem como objetivo a caminho harmônico de energia, controlando uma situação e não infringindo dano ao adversário, o que diferencia das demais artes marcias, desta forma estaremos no caminho de Deus, pois a harmonia nos leva até ele;
14 – CONSCIENTIZAR-SE DE QUE A PRÁTICA DO AIKIDÔ TEM POR PRINCÍPIO O AUTO CONHECIMENTO. Para crescer é necessário olhar para dentro de si mesmo, a prática do Aikido nos leva a isso, pois não se trata de apenas repetir as técnicas e sim de alterar a mente e o corpo para poder responder a tudo que ocorre nos tatames e na vida.

Agradecimentos

Aos Senseis Elias, Júlio e Fernando Sant'Anna por me ensinarem os primeiros passos no Aikido. Ao Sensei Juliano Santiago, incansável, por tudo que me ensinou, pela sua persistência, pela sua disponibilidade, pelas inúmeras vezes que, mesmo quando não podia treinar, analisava as filmagens dos nossos treinos e nos orientava, sempre com muito esmero e cuidado. Por buscar sempre a perfeição e orientar o melhor caminho, com muita força de vontade.

 

Aos Senseis Carlos Cirto e Paulo Cirto, fundadores do Seigan Dojo, por terem criado um Dojo que muito me orgulha fazer parte, aonde os alunos, com todas as suas diferenças, são parte de uma família, no qual o BUDO é guia e inspiração. Ao Sensei Wagner Bull e seus filhos Sensei Alexandre Bull e Edgar Bull, pelo esforço em colocar o Aikido do Brasil no mesmo patamar que os demais, mundo afora. Na luta pela constante evolução do Instituto Takemussu. A todos os meus ukes e nagues, durante os vários anos, em especial ao Eidgar, que não mediram esforços e doaram o seu suor para o meu aprendizado na arte que nos une, o meu muito obrigado. Ao “O Sensei” Morihei Ueshiba por ter criado o Aikido, dando-nos um caminho especial a percorrer.

 

Aos meus Pais, Cirley (In memória) e Anita que me ensinaram o caminho para me tornar um ser humano e contribuir para um mundo melhor. Aos meus irmãos e irmã pelo apoio, exemplo e companhia ao longo de todos estes anos. A Minha esposa Eliana, por me acompanhar na minha jornada da vida. Estar ao seu lado torna a minha vida mais bela!! Aos meus filhos Pedro Acácio e Maria Eduarda, presentes de Deus, por existirem. Vocês dão um sentido especial as nossas vidas. E a Deus, por proporcionar a nossa existência. Que Deus continue a nos abençoar a todos!!

 

KANNAGARA TAMASHII HAEMASSE

“Não há nada superior à verdade. Seguindo as Leis do Universo a cada dia seremos mais e mais felizes.”

Octacílio Egger Neto

São Paulo - SP  - 2022